6 Dicas para tornar o treino indoor mais interessante

6 Dicas para tornar o treino indoor mais interessante

25 de Dezembro, 2018 0 Por Cycling Domestique

Se és dos que foge a sete pés dos treinos no turbo trainer (rolo), eis as 6 dicas que te damos para tornar o teu treino indoor mais interessante (ou menos sofrível, dependendo do ponto de vista)…

Treino indoor turbo trainer rolo

Qualquer ciclista que pretenda chegar à Primavera num bom nível de forma sabe que dificilmente o conseguirá se não recorrer ao treino indoor. Para a grande maioria de nós esses treinos são autênticos momentos de tortura, sendo raros aqueles que afirmam gostar de treinar no turbo-trainer. Apesar de tudo são um mal necessário e por isso devemos criar estratégias para tornar estes treinos menos sofríveis e retirar o máximo partido deles. Seguem-se algumas dicas que te poderão servir de motivação já para o próximo treino.

Conforto

Um local arejado, uma ventoinha, uma toalha e bastante água são as condições mínimas que asseguram algum conforto extra para sobreviver aos treinos indoor. Um dos erros mais comuns que cometemos e que também tem interferência directa neste ponto é usar os bibs mais fracos que temos “para romper no rolo”. Devemos antes usar bibs com qualidade aceitável e que sejam garantia de conforto durante o tempo que passamos em cima da bicicleta. O treino indoor é por si só bastante duro, porquê torná-lo ainda mais sofrível?

Música

Nos dias de hoje a ligação entre a música e o exercício físico é muito próxima. A música é assim considerada por muitos como a companhia ideal para o exercício físico, não dispensando uma boa playlist como ajuda para passar o tempo e ainda como motivação extra. Estudos comprovaram que uma playlist composta por músicas com batida de 145 bpm dão motivação extra durante o exercício. As próprias plataformas online de música, como por exemplo o Spotify, têm já playlists criadas para utilização durante os treinos.

TV (filmes, séries e vídeos de ciclismo)

O tempo passado no turbo-trainer pode também ser aproveitado para colocar em dia as séries que acompanhamos habitualmente, ver aquele filme que já andávamos há meses para ver ou até mesmo para rever o ataque memorável do Froome no Colle delle Finestre, na etapa 19 do Tour de 2018. Pessoalmente utilizo com muita frequência, nos treinos mais longos, os vídeos do canal do Youtube, Bike The World, que nos levam a subir, na primeira pessoa, as míticas montanhas que figuram nas principais provas do ciclismo mundial.

Vídeos de treinos

Na internet é possível encontrar vídeos de treinos indoor que nos podem servir de orientação e companhia para as sessões no turbo-trainer. Um dos canais do Youtube mais conhecidos é o da GCN (Global Cycling Network), que para além destes vídeos de treinos indoor, dispõe de um cem número de vídeos sobre os mais diversos temas relacionados com ciclismo.

treino ciclismo indoor zwift

Software (Zwift, TrainerRoad, The Sufferfest, etc)

O Zwift é talvez, neste momento, o software mais famoso para treino indoor de ciclismo. Trata-se de uma mistura de jogo de computador com software de treino, que permite simular, em tempo real, corridas entre utilizadores de todo o mundo, em ambientes virtuais. O TrainerRoad, o The Sufferfest e também o Zwift funcionam ainda como software de acompanhamento de treino, com planos estruturados que podemos adaptar à nossa disponibilidade e com ecrã de acompanhamento durante o treino. Uma boa opção para tornar os treinos indoor mais interessantes.

Treinos estruturados

Subir para o turbo-trainer sem um plano definido é meio caminho andado para desmotivarmos ao fim das primeiras pedaladas. Estruturar um treino a seguir serve não só de motivação, mas também como ajuda para passar o tempo em cima da bicicleta. O facto de termos séries consecutivas com duração definida, umas delas em esforço, outras em recuperação, o tentar segurar a potência ou frequência cardíaca em determinado intervalo, são tudo “distrações” que fazem com que o tempo no turbo-trainer passe a voar.

Para além de servirem como “distração”, os treinos estruturados permitem direccionar o foco do nosso treino para determinada capacidade que pretendemos desenvolver.

As estratégias são mais que muitas e cada um deverá encontrar aquela que mais se adequa ao seu perfil e às suas necessidades. O importante é aproveitar da melhor forma o tempo passado no turbo-trainer e tirar o máximo partido do treino indoor, seja através de trabalho específico ou apenas pela consistência e regularidade que o mesmo nos assegura.

Siga-nos nas Redes Sociais: